PROBLEMAS COM O PLANO DE SAÚDE

 

É comum nos depararmos com relatos de pacientes que, no momento que mais precisam, enfrentam problemas com o plano de saúde.

Pesquisas apontam que 96% dos consumidores enfrentam problemas com o plano de saúde contratado.

Talvez você esteja se perguntando, qual a razão de tantas pessoas enfrentarem problemas com o plano de saúde?

Algumas das teorias buscam explicar que os problemas com o plano de saúde nascem, muitas vezes, por falta de estrutura na rede de atendimento, outras apontam para questões de ordem financeira, gerando por parte das Operadoras de plano de saúde, interferência sobre a atuação médica, negativas de procedimentos que visem diminuir os custos.

Ainda, há quem diga que a ocorrência dos problemas com o plano de saúde, está no aumento da expectativa de vida, pois, com o avanço das tecnologias, a expectativa é que o ser humano viva mais.

Mas aí é que começam os problemas. Não basta viver mais, é preciso viver com qualidade.

Assim, em decorrência do avanço da idade, inúmeros problemas de saúde começam a surgir e o cidadão, ao precisar dos serviços de saúde, passa a enfrentar problemas com o plano de saúde, a ponto de não conseguir, por vezes, realizar o tratamento prescrito pelo profissional médico que lhe assiste.

Dentre os problemas com o plano de saúde, estão os altos reajustes aplicados na faixa etária dos 59 anos; negativa de fornecimento de medicamentos; negativa de procedimentos; negativa de tratamento por alegação de doença pré existente; negativa de tratamento oncológico; negativa de cirurgias, cancelamento do plano sem prévia comunicação, dentre outras.

Nesse momento, mais uma vez pode ser que você se questione: Por que enfrento tantos problemas com o plano de saúde se cumpro com as minhas obrigações como contratante em dia?

O advogado Bruno Peçanha especialista em Direito da Saúde, explica que as negativas das Operadoras de Plano de Saúde, por vezes, estão fundamentadas na ausência de previsão no Rol de Procedimentos da ANS, na ausência de cobertura contratual para o fornecimento de determinados medicamentos e procedimentos.

Entretanto, as negativas nem sempre estão de acordo com a legislação, gerando, assim, os problemas com o plano de saúde e o questionamento por parte dos pacientes (consumidores) das negativas, através de ação judicial.

O Poder Judiciário, com a missão de coibir as ilegalidades praticadas pelos planos de saúde, na grande maioria dos casos, vêm decidindo a favor do consumidor, determinando a realização dos procedimentos negados, diminuindo, assim, os problemas com o plano de saúde e o desrespeito aos direitos do consumidor.

Portanto, se você está passando por problemas com o plano de saúde, procure ajuda com uma advocacia especializada em saúde e exija respeito aos seus direitos.